Pular para o conteúdo principal

1º Dia de Aula




Todo ano sempre é a mesma coisa: o que fazer com a turma em sala de aula no primeiro dia de aula?
Trago um plano de aula simples para usar com turmas que não se conhecem e para turmas que já se conhecem.


Turma: qualquer turma do ensino fundamental II.
Tempo de duração: 1 aula, 45 minutos.

Conteúdo: Dinâmica de apresentação

Objetivo:
Após a aula os alunos serão capazes de:
* Se aproximar dos colegas e se sentir acolhido dentro do novo grupo.
*Memorizar os nomes dos colegas.
* Sentir-se integrado ao grupo

Sequência Didática:
* Formam-se dois grupos
* Cada aluno escreve o próprio nome num pedaço de papel e coloca numa caixa
* As caixas são trocadas e os alunos pegarão um nome cada.
* Com o nome do colega no papel o aluno escreve um adjetivo ou substantivo e um nome de lugar com a primeira letra do nome da pessoa. Veja o exemplo com o meu nome:

ENY - Eny a estranha, da Etiópia

* Após essa tarefa, os alunos têm que descobrir a quem pertence aquele nome e entregar ao colega.


Recursos:
Papel, caneta, 2 caixas.

Avaliação:
Socialização e integração entre os alunos.

Referência:
Aula adaptada do seguinte blog
http://lucianadebrito.blogspot.com.br/2012/01/aula-inaugural-01022012-6ano.html


Considerações finais:

Decidi fazer essa adaptação por motivos de querer algo mais simples e dinâmico (student centre). Perceba que a participação do professor é apenas de orientar os alunos e dar instruções curtas e objetivas. Utilize, também, como suporte para suas instruções gestos e use um modelo (use seu nome como exemplo no quadro).

Possíveis imprevistos:
Durante a dinâmica me deparei com os desafios com nomes de alunos que iniciam com as letras K, Y e W. Portanto, esteja pronto para esses acontecimentos.

Boa aula e conte-me como foi essa aula.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Relato Pessoal: produção textual

Relato Pessoal: uma proposta em sala de aula

Texto 1: O coração roubado, de Marcos Rey

Eu cursava o último ano do primário e como já estava com o diplominha garantido, meu pai me deu um presente muito cobiçado: O coração, famoso livro do escritor italiano Edmondo de Amicis, best-seller mundial do gênero infanto-juvenil. Na página de abertura lá estava a dedicatória do velho, com sua inconfundível letra esparramada. Como todos os garotos da época, apaixonei-me por aquela obra-prima e tanto que a levava ao grupo escolar da Barra Funda para reler trechos no recreio.         Justamente no último dia de aula, o das despedidas, depois da festinha de formatura, voltei para a classe a fim de reunir meus cadernos e objetos escolares, antes do adeus. Mas onde estava O coração? Onde? Desaparecera. Tremendo choque. Algum colega na certa o furtara. Não teria coragem de parecer em casa sem ele. Ia informar à diretora quando, passando pelas carteiras, vi a lombada do livro, bem escondido sob uma pasta…

Avaliação de Interpretação Textual

Relato Pessoal